O Irã retomou neste verão (no Hemisfério Norte) as importações de trigo dos Estados Unidos após um hiato de 27 anos. O fato ilustra as poucas opções existentes para importadores que procuram grandes quantidades de trigo de alta qualidade.

Até agora o Irã comprou mais de 1 milhão de toneladas de trigo duro de inverno (hard red winter) dos EUA, o que é uma "grande quantidade", segundo o analista Bill Nelson, da Wachovia Securities. As compras representam de 3% a 4% das exportações de trigo norte-americano no ano safra 2008/09, que começou em 1 de junho.

O Irã está recorrendo aos EUA porque uma seca reduziu em um terço o potencial de produção doméstica. O Irã deve produzir 10 milhões de toneladas de trigo este ano, em comparação a 15 milhões de toneladas em 2007/08.

O país pode importar um total de 4,5 milhões de toneladas, contra 200 mil toneladas no ano anterior, segundo estimativa do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Desde 2001/02 o Irã se tornou um importante importador de trigo, comprando de Austrália, Canadá, União Européia e Argentina. Mas a oferta exportável desses países está reduzida, enquanto a safra de trigo de inverno dos EUA está quase completa, de acordo com Joe Sowers, analista da U.S. Wheat Associates. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.