Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Com foco na economia local, dólar fecha em queda de 1,05%

SÃO PAULO - Com menos surpresas nos mercados externos e foco na economia local, o dólar fechou em queda frente ao real nesta sexta-feira. A moeda norte-americana já abriu em baixa e assim permaneceu durante todo o dia. No encerramento, a divisa teve queda de 1,05%, para R$ 2,266 reais para venda, a menor cotação da sessão. Na semana, o dólar acumulou alta de 0,67%.

Reuters |

 

"Os dados negativos estão aí. O mercado já está embutido nesse noticiário. No caso do câmbio especificamente, não há nada que justifique uma subida", disse Luis Piason, gerente de operações de câmbio da Corretora Concórdia. "Bovespa e Wall Street estão descolados. Eles estavam muito parelhos, o que mostra que as últimas medidas do governo, como o aumento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e o anúncio dos subsídios para aquisição de moradias, têm surtido efeito", finalizou. 

O anúncio do grupo britânico Llyods de um prejuízo maior que o esperado ofuscou o otimismo com um plano norte-americano para subsidiar hipotecas residenciais e estimular a economia. As bolsas de valores de Wall Street caíam cerca de 0,50% no momento em que o mercado de câmbio fechou.

Além disso, um levantamento realizado pela Reuters e a Universidade de Michigan mostrou queda no índice de confiança do consumidor dos Estados Unidos em fevereiro para 56,2, menor valor desde novembro de 2008.

Os dados negativos dos EUA também não chegaram a contaminar outros segmentos do mercado brasileiro. O principal índice da Bovespa (Ibovespa) operava em alta de mais de 2,50% no final da tarde.

De acordo com os dados mais atualizados da BM&F, o volume referente às posições compradas de dólares pelos investidores estrangeiros reduziu-se desde o início do mês, mas ainda está na faixa de 10 bilhões de dólares.

Piason considerou que o leilão de swap cambial tradicional realizado pelo Banco Central nesta sexta-feira também ajudou a acalmar o mercado. "Tudo contribuiu para não haver pressão nem de um lado nem de outro."

O BC anunciou ainda que fará pesquisa de mercado nesta sexta-feira para averiguar a necessidade de realização de um novo leilão de swap cambial tradicional para continuar com a rolagem de contratos que vencem no início de março.

(Reportagem de José de Castro)

Leia tudo sobre: dolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG