Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Com despesas na BrT, lucro da Oi cai 46,8% no segundo trimestre

SÃO PAULO - Despesas relativas ao processo de compra da Brasil Telecom (BrT) acabaram prejudicando o resultado da Oi (Tele Norte Leste Participações) no segundo trimestre deste ano. No período, a companhia obteve lucro líquido de R$ 248,7 milhões, o que representa uma queda de 46,8% em relação ao mesmo intervalo de 2007, quando o ganho somou R$ 467,5 milhões.

Valor Online |

O pagamento de R$ 315 milhões a ex-acionistas da BrT, visando a extinção de litígios judiciais, foi o principal responsável pela queda no lucro. Também integrou a linha de despesas extraordinárias um gasto de R$ 18 milhões com a contratação de consultorias e advogados, que auxiliaram na operação.

Diante disso, a Oi viu um aumento de R$ 604 milhões (21,8%) em seus custos e despesas, que totalizaram R$ 3,36 bilhões no segundo trimestre. No mesmo intervalo de comparação, a receita líquida da companhia cresceu menos, R$ 318 milhões (7,3%), para R$ 4,67 bilhões. Como resultado, a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) recuou 17,8% ante o segundo trimestre de 2007, para R$ 1,31 bilhão.

A margem Ebitda, que é a relação entre a geração de caixa e a receita líquida, acabou caindo 8,6 pontos percentuais, para 28%.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG