Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Com despesa de venda maior, Ebitda da Claro cai 9,3% no 4º trimestre

SÃO PAULO - A operadora de telefonia móvel Claro registrou queda de 9,3% em seu lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) no quarto trimestre do ano passado, movimento atribuído pela empresa às despesas para atrair novos clientes. O ganho baixou de R$ 675 milhões nos três últimos meses de 2007 para R$ 615 milhões no mesmo período de 2008.

Valor Online |

O presidente da Claro, João Cox, explicou que a operadora gastou um volume maior de recursos em promoções e subsídios porque conquistou mais clientes. "Mas o custo de aquisição per capita caiu", afirmou o executivo numa entrevista à imprensa, sem revelar números.

A Claro atraiu 8,5 milhões de novos assinantes em todo o ano passado e 3,1 milhões apenas no quarto trimestre - quantidade 36,3% superior à obtida entre outubro e dezembro do exercício anterior. A operadora encerrou 2008 com 38,7 milhões de clientes, número que garantiu à empresa a vice-liderança do mercado brasileiro, atrás apenas da Vivo.

A receita da companhia, entretanto, não cresceu na mesma proporção. As vendas líquidas no quarto trimestre foram de R$ 3,1 bilhões, 7,8% mais que no mesmo período do ano anterior. De janeiro a dezembro, a receita foi de R$ 11,5 bilhões, o que indica alta de 15,4%.

O que explica essa diferença é a queda no faturamento mensal gerado por assinante. Na média, essa receita ficou em R$ 25 por mês, contra R$ 28 no quarto trimestre de 2007. Isso acontece com as operadoras de forma geral: à medida que atraem mais clientes em segmentos de renda menor, a receita unitária por assinante diminui.

Controlada pela mexicana América Móvil, a Claro é uma empresa de capital fechado e não divulga balanços trimestrais. A operadora não revela qual foi seu resultado líquido. As informações disponíveis constam do balanço de sua controladora.

(Talita Moreira | Valor Econômico, para o Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG