SÃO PAULO - A Mastercard fechou o terceiro trimestre com prejuízo de US$ 194 milhões, ante um lucro de US$ 314 milhões no mesmo período do ano passado. O resultado por ação indicou um perda de US$ 1,49, em comparação a um ganho de US$ 2,32 por papel um ano antes.

O prejuízo foi determinado por conta das despesas da empresa com um acordo judicial sobre questões de concorrência. O pagamento teve um impacto líquido de impostos de US$ 515 milhões no resultado da empresa de cartão de crédito, conforme havia sido anunciado na semana passada.

Sem este efeito, a Mastercard teria apurado lucro de US$ 322 milhões no trimestre, ou US$ 2,47 por ação.

A receita líquida da empresa foi de US$ 1,3 bilhão entre julho e setembro, o que representa uma alta de 23,6% ante igual período de 2006.

O executivo-chefe da companhia, Robert Selander, disse em nota que a empresa não está imune á crise financeira e que vai se concentrar em controle de custos.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.