Tamanho do texto

Com capacidade multimídia, navegador leva música e vídeo ao carro Por Jocelyn Auricchio São Paulo, 26 (AE) - Além de orientar o motorista pelas ruas da cidade, um navegador GPS também pode - e deve - ser usado como estação multimídia portátil. Todos os aparelhos de última geração contam com a capacidade de reproduzir arquivos em MP3.

Alguns conseguem até exibir filmes e videoclipes gravados no formato MP4. Para reproduzir os arquivos, basta selecionar a opção correspondente ao tipo de arquivo que você quer acessar no menu principal do navegador.

Não é preciso muita adaptação para aproveitar as capacidades do seu aparelho. Basta seguir algumas dicas simples e em pouco tempo você terá novos usos para seu GPS.

SOLTA O SOM - Para fazer com que o som saia pelos alto-falantes do carro, é importante que o rádio do veículo seja adaptado para receber o sinal de áudio que vem do aparelho. A maioria dos rádios automotivos conta com uma entrada auxiliar, que serve para conectar um aparelho de MP3. Usando um cabo miniestéreo (ou P2) do tipo macho x macho, os aparelhos são facilmente interconectados.

Caso o rádio não possua essa entrada, é só adaptar um plugue miniestéreo. A maioria das casas especializadas na instalação de som automotivo pode fazer o serviço, que custa em média R$ 50 na região metropolitana de São Paulo.

MÚSICA DIGITAL - Para colocar suas músicas no GPS, a melhor alternativa é utilizar um cartão de memória do tipo SD. Todos os aparelhos lançados nos últimos 12 meses no mercado nacional contam com um leitor de cartões integrado. A única limitação é o tamanho do cartão. Quase nenhum aparelho consegue ler cartões maiores do que 2 gigabytes.

Usando o próprio GPS - conectado ao PC usando qualquer cabo USB-Mini, inclusive o que já acompanha o aparelho - é só passar os arquivos de música para a pasta correspondente. Alguns aparelhos criam uma estrutura de pastas dentro do cartão, mas também é possível gravar os arquivos de música sem organizá-los em pastas.

Também é possível gravar os arquivos no cartão usando um gravador externo. Esse tipo de acessório custa em média R$ 50 e pode ser facilmente encontrado em lojas de informática. Notebooks e PCs de mesa mais novos já trazem um leitor/gravador de cartões de memória embutido.

Além de arquivos de música no formato MP3, quase todos os aparelhos são compatíveis com músicas no padrão WMA. Arquivos de áudio AAC, típicos do iPod, não são compatíveis com os navegadores.

CINEMA DE BOLSO - Para rodar filmes, os aparelhos compatíveis precisam que os arquivos sejam reconvertidos para o tamanho original de suas telas. Programas simples, como o Total Video Converter (www.effectmatrix.com/total-video-converter/tvc.exe) ou o gratuito VirtualDub (www.virtualdub.org) dão conta do recado.

Verifique no manual do seu navegador a resolução nativa da tela e converta o vídeo no mesmo tamanho. Depois é só gravar no cartão SD, exatamente como as músicas, e selecionar o reprodutor de vídeo.