SÃO PAULO - Mesmo com a economia mundial ainda em crise a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) despontou como melhor opção de investimento no mês de março e também neste primeiro trimestre de 2009. O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, acumula valorização de 8,99% no primeiro trimestre do ano.

E grande parte desse ganho foi conquistado agora em março, quando o indicador acompanhou o menor pessimismo externo e subiu 7,18%, marcando o melhor desempenho mensal desde abril de 2008.

A Bovespa não ocupava o topo do ranking de investimentos acompanhados desde maio do ano passado.

Já o ouro, que até o mês passado liderava o ranking, fechou o mês com perda de 4,29%, o que reduz a valorização acumulada no ano para 4,77%.

Em março, o euro se mostrou a segunda opção mais rentável, garantindo retorno de 1,89% no mês. Mas no ano, a moeda comum europeia ainda deve 4,94%. Quem apostou no dólar perdeu 2,19% no acumulado do mês. A divisa americana também apresenta leve variação negativa, de 0,69%, em 2009.

Na renda fixa, o CDI apresentou rendimento mensal de 0,97%, enquanto o CDB teve retorno de 0,94%. Nos três primeiros meses do ano, o CDI dá ao investidor 2,88% e o CDB rende 3,01%. A tradicional caderneta de poupança teve apreciação de 0,64% em março, gerando ganho de 1,89% no ano.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.