Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Com alta das vendas, estoques das montadoras caem 30,7% em dezembro

SÃO PAULO - A combinação entre o crescimento das vendas e a forte queda na produção de veículos em dezembro do ano passado levou a uma redução de 30,7% nos estoques do setor automotivo nacional, que estavam acima das 305 mil unidades em novembro e reforçavam as expectativas sobre demissões na indústria. O volume era equivalente a 56 dias de vendas, se considerado o ritmo do mercado naquele mês.

Valor Online |

Em dezembro, contudo, os estoques já tinham caído para 211,625 mil unidades, ou 36 dias de vendas, segundo dados divulgados hoje pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Além dos incentivos fiscais concedidos pelo governo no último mês do ano, que resultaram em redução de preços e aquecimento das vendas, as férias coletivas implantadas por várias montadoras ajudaram a derrubar drasticamente a produção, possibilitando o consumo dos estoques.

Mesmo assim, a Anfavea ainda avalia como "bastante alto" o volume atual de veículos parados nos pátios de fábricas e concessionárias. Até o mês de setembro, quando os efeitos da crise internacional ainda não tinham desembarcado por aqui, os estoques representavam uma média de, aproximadamente, 27 dias de vendas. Em dezembro do ano passado, para se ter uma idéia, o indicador estava em 17 dias.

Junto com os estoques, também caiu em dezembro o nível de empregos nas montadoras. Segundo a Anfavea, 127,993 mil trabalhadores estavam em atividade em suas associadas ao final de 2008, uma redução de 3,208 mil postos no mês. Porém, se considerado todo o ano passado, o saldo é positivo, com 7,6 mil empregos a mais que em 2007.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG