Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Colômbia congelará preço de 1.600 produtos alimentícios no Natal

Bogotá, 11 - Os atacadistas do setor de alimentos e as principais redes de varejo da Colômbia assinarão um acordo com o governo do país para congelar os preços de aproximadamente 1.600 produtos alimentícios, numa tentativa de controlar a volatilidade dos preços durante o período de Natal, afirmou o porta-voz do Ministério da Agricultura colombiano, Mario Lombana.

Agência Estado |

Lombana disse que, além da Almacenes Exito - maior rede varejista do país -, outras empresas como a Colsubsidio e a Cafam também assinarão o acordo neste ano. Os preços de frutas, vegetais, leite, batatas e outros alimentos serão congelados entre 15 de dezembro e 31 de janeiro de 2008. No ano passado, o governo e as varejistas congelaram os preços de 500 produtos alimentícios.

O acordo deve ajudar a diminuir a inflação em dezembro e em janeiro, de acordo com Alejandro Suarez, pesquisador do Banco Popular. Segundo pesquisa do banco central colombiano, analistas estimaram uma inflação de 7,48% em 2008.

O departamento de estatísticas da Colômbia divulgou recentemente que o índice de preços ao consumidor avançou 0,28% em novembro, elevando a taxa de inflação anual para 7,73% - nível superior à meta do banco central, de entre 3,5% e 4,5%. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG