Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Coca-Cola apresentou um aumento de 14% no lucro líquido do terceiro trimestre, para US$ 1,890 bilhão, no confronto com mesmo período de 2007.

Acordo Ortográfico As vendas robustas em mercados emergentes compensaram a queda da demanda nos Estados Unidos.

A fabricante de refrigerantes verificou ainda um acréscimo de 9% na receita operacional líquida dos três meses até 26 de setembro, que ficou em US$ 8,393 bilhões.

"Mais uma vez demonstramos nossa capacidade de ter um desempenho consistente, apresentando nosso oitavo trimestre consecutivo de crescimento no lucro de dois dígitos apesar de um ambiente econômico muito desafiador", destacou o diretor-executivo da Coca-Cola, Muhtar Kent.

Ele frisou a importância das atividades internacionais da empresa, particularmente em mercados emergentes. "Nossa capacidade de adaptar-se à mudança econômica e ao ambiente de consumo foi a chave de nosso sucesso durante o trimestre", notou.

Kent alertou que as condições de negócios devem continuar difíceis em 2009. Na avaliação dele, o ambiente operacional, especialmente na América do Norte, deve permanecer desafiador em direção ao próximo calendário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.