Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Coalizão do governo alemão aprova pacote no valor de 400 bilhões de euros

Berlim - Os líderes da coalizão do governo alemão pactuaram o pacote de ajudas para o resgate dos bancos nacionais que, segundo antecipam os meios de imprensa digitais e audiovisuais deste país, contempla um volume total de cerca de 400 bilhões de euros.

EFE |

O pacote, que será aprovado este meio-dia pelo Conselho de Ministros, prevê a concessão por parte do Estado de garantias aos créditos interbancários, assim como a aquisição de pacotes acionários dos bancos privados, o que se interpreta como uma nacionalização parcial.

A peça chave do pacote de ajuda será constituída por um "fundo de estabilização dos mercados financeiros", que permitirá ao Estado oferecer garantias no valor dos citados 400 bilhões de euros até 31 de dezembro de 2009 e conceder injeções de liquidez.

Os créditos terão um prazo máximo de 36 meses e os bancos que os assumirem deverão pagar ao Estado 2% ao ano.

O fundo poderá também comprar do setor financeiro produtos de risco, fundamentalmente derivados, que os bancos tenham adquirido antes do dia 13 de outubro.

Em troca, os bancos deverão comprometer-se a uma gestão empresarial "sólida" e "prudente".

A nova lei, que será submetida ao longo da semana a sua aprovação por ambas as câmaras do Parlamento em um procedimento de urgência, concede ao ministro das Finanças o poder de fixar condições no que diz respeito à remuneração dos diretores e pessoal dos bancos privados.

Leia tudo sobre: crise financeiracrise nos mercadospacote

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG