Apesar de a população considerar que o governo Lula está sabendo como enfrentar a crise financeira, pesquisa CNI/Ibope divulgada hoje, em Brasília, mostra que cresceu o índice de brasileiros que temem aumento da inflação e do desemprego no País. Segundo o levantamento, 19% disseram acreditar que haverá aumento grande da inflação nos próximos seis meses.

Em setembro, o índice era de 15%. Outros 48% afirmaram acreditar que haverá algum crescimento da inflação nos primeiros seis meses do próximo ano. Para outros 19%, mostra a pesquisa, a situação permanecerá a mesma.

Em relação à ameaça de desemprego, 17% dos entrevistados disseram acreditar que o índice "vai aumentar muito". Em setembro deste ano, apenas 10% consideravam a possibilidade de crescimento consistente do nível de desemprego. O levantamento mostra ainda que outros 46% consideram que haverá algum aumento do desemprego. Para 20% a situação não vai mudar.

A pesquisa foi realizada dos dias 5 a 8 de dezembro. Foram ouvidas 2.002 pessoas em 141 municípios. A margem de erro é de dois pontos porcentuais, para cima ou para baixo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.