Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CNI: uso da capacidade industrial cai a 82,3% em maio

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria brasileira registrou leve queda de abril para maio, passando de 82,8% para 82,3%

AE |

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria brasileira registrou leve queda de abril para maio, passando de 82,8% para 82,3%. O dado faz parte do levantamento dos Indicadores Industriais de maio, divulgados hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os principais índices que medem a atividade da indústria mostraram crescimento. O faturamento real (descontada a inflação), por exemplo, cresceu 2,1% em maio ante abril, na comparação dessazonalizada. Em relação a maio do ano passado, o avanço foi de 13,9%. No acumulado do ano, o faturamento da indústria registra alta de 12,5%.

As horas trabalhadas na produção aumentaram 1% em maio ante abril, na série com ajuste sazonal, e 9,9% ante maio de 2009. No acumulado do ano, as horas trabalhadas já mostram alta de 7,5%. Já o emprego na indústria cresceu 0,4% em maio ante abril, na série com ajuste, e 6,1% ante maio do ano passado. Nos cinco primeiros meses do ano, o emprego na indústria cresceu 3,9%.

Já a massa salarial real paga pelas fábricas subiu 7,4% em maio, na comparação com maio de 2009. Para este indicador, a CNI não possui uma série histórica longa o suficiente para cálculos mês ante mês anterior com ajuste sazonal. No acumulado do ano, a massa salarial acumula crescimento de 4,6%.

Leia tudo sobre: ECONOMICO-ECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG