Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CNI pode revisar para baixo previsão para o PIB de 2009

O gerente-executivo da unidade de Política Econômica da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), Flávio Castelo Branco, disse nesta terça-feira que a redução de 9,9% no faturamento da indústria em novembro de 2008 quando comparado a outubro do mesmo ano desenha um cenário de pessimismo para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. No mês passado, a previsão da CNI era de um crescimento de 2,4% para 2009, o que pode ser revisto pela entidade.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

 

Fizemos a revisão em dezembro [quando se previu o crescimento de 2,4%]. Os números de hoje {de desaceleração da indústria] sinalizam para dados piores, disse.

Apesar disso, o gerente-executivo destacou que o impacto de medidas macroeconômicas tomadas pelo governo federal e pelo mercado ainda não foram completamente sentidas. Disse ainda que se faz necessário aguardar o anúncio do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central sobre a taxa básica de juros da economia para se traçar um quadro mais preciso e confirmar uma nova perspectiva de redução no PIB de 2009.

Leia mais sobre indústria

Leia tudo sobre: indústria

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG