Tamanho do texto

A Sondagem Industrial referente ao segundo trimestre de 2008, divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que a produção do setor continua crescendo e que o ritmo de aumento do emprego e da utilização da capacidade instalada tem sido ainda mais intenso. Segundo o documento, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) passou de 75%, no primeiro trimestre deste ano, para 77% no segundo trimestre de 2008.

A CNI destaca que a utilização do parque fabril tem tido crescimento maior entre as pequenas empresas.

O chefe da Unidade de Pesquisa da entidade, Renato da Fonseca, considerou natural um maior dinamismo nas pequenas empresas, porque esse segmento entrou mais tarde no processo de recuperação da produção, para atender o aumento da demanda. Pelos dados da Sondagem Industrial, a utilização da capacidade instalada das pequenas empresas passou de 70%, registrados no primeiro trimestre, para 73% no segundo trimestre de 2008. O nível era de 69% no segundo trimestre de 2007.

A Sondagem Industrial do segundo trimestre de 2008 mostra ainda que o indicador de produção subiu de 52,2 pontos, no primeiro trimestre, para 56,5 pontos, no segundo. Já o indicador do emprego subiu de 53,1 pontos para 53,6 pontos. A pesquisa varia de zero a 100 pontos, e valores acima de 50 pontos indicam crescimento.

Setores

A sondagem da CNI mostra ainda que, dos 27 setores pesquisados, 20 apresentaram aumento na produção, com destaque para os segmentos de refino de petróleo e produção de veículos automotores e outros equipamentos de transporte.

Entre os setores que registraram queda na atividade, estão os de móveis, madeira e couro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.