SÃO PAULO - A Confederação Nacional da Indústria (CNI) indicou o empresário Robson Andrade como vice-presidente da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Andrade preside a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e será o próximo presidente da CNI.

SÃO PAULO - A Confederação Nacional da Indústria (CNI) indicou o empresário Robson Andrade como vice-presidente da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Andrade preside a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e será o próximo presidente da CNI. A Confederação Empresarial será formada por representantes dos oito países-membros da CPLP e será instalada em julho em Luanda, capital de Angola, durante o encontro dos presidentes e primeiros-ministros das nações integrantes da organização. O presidente da CNI, Armando Monteiro Neto, afirmou em nota que os negócios entre os países integrantes da CPLP precisam acompanhar os fortes laços culturais."Os países da comunidade de língua portuguesa necessitam de maior protagonismo do empresariado", enfatizou Monteiro Neto. O secretário-geral da Confederação Empresarial da CPLP, o português Francisco Mantero, assinalou que a instituição abre oportunidade de usar a integração regional para ampliar o comércio entre seus países-membros. "A Confederação Empresarial será ativa para influenciar os governos a adotar mecanismos que facilitem e impulsionem o comércio e os investimentos não só entre os países-membros da CPLP, como nos outros mercados onde atuam", afirmou Mantero na nota. (Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.