Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CNI estima que PIB crescerá 2,4% em 2009

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou nesta terça-feira as perspectivas econômicas para o ano que vem, que prevêem uma desaceleração forte em relação ao esperado para este ano. A CNI estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,4% em 2009.

Agência Estado |

 

Para este ano, a entidade revisou para cima seus dados sobre o PIB, de uma estimativa de crescimento de 5,3%, traçada em setembro, para 5,7% agora.

Para o setor industrial, a entidade espera um crescimento de apenas 1,8% no próximo ano, ante uma previsão de 6% em 2008. A CNI estima também que o aumento dos investimentos deve cair de 14,4% em 2008 para 3% em 2009. O consumo das famílias deve ter uma expansão de 3% em 2009, após um avanço estimado de 6,1% em 2008.

A taxa de desemprego projetada pela CNI para 2009 é de 8,2%, acima portanto do nível projetado para 2008, de 7,9%. A CNI também espera uma redução do superávit da balança comercial brasileira em 2009. Pelos cálculos da entidade, o saldo deve ser de US$ 15 bilhões, resultado de US$ 170 bilhões de exportações e US$ 155 bilhões de importações. Para este ano, a CNI estima superávit de US$ 24 bilhões, com exportações de US$ 198 bilhões e importações de US$ 174 bilhões.

A CNI estimou que o superávit primário das contas públicas em 2009 deve ser de 3,35% do PIB, contra um superávit de 4,25% do PIB em 2008. As projeções da entidade também prevêem um déficit público nominal de 1,9% do PIB no próximo ano ante um déficit de 1,45% do PIB em 2008. Para a dívida pública líquida, a CNI também espera uma elevação, passando de 36,4% do PIB neste ano para 37% do PIB em 2009.

As perspectivas da economia brasileira traçadas pela CNI para 2009 ainda consideram uma inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,8% no ano que vem e de 6,2% em 2008. A taxa básica de juros, a Selic, deve fechar 2009, na expectativa da CNI, em 11,25% ao ano contra 13,75% no fim deste ano. A CNI ainda espera que a taxa média de câmbio em 2009 seja de R$ 2,35 ante R$ 1,83 para 2008.

Leia mais sobre PIB

Leia tudo sobre: pib

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG