O Índice de Confiança do Empresariado Industrial (Icei) voltou a cair em julho e atingiu 63,4 pontos, segundo informou hoje a Confederação Nacional da Indústria (CNI)

selo

O Índice de Confiança do Empresariado Industrial (Icei) voltou a cair em julho e atingiu 63,4 pontos, segundo informou hoje a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Com a queda de 2,6 pontos na comparação com junho, o indicador recuou para o patamar mais baixo desde outubro de 2009. Em relação a janeiro deste ano, a queda na confiança dos empresários já é de 5,3 pontos.

A menor confiança medida pela CNI no mês foi generalizada, atingindo os três segmentos industriais considerados na pesquisa realizada com mais de 1,6 mil empresas. O índice referente à indústria extrativa recuou 2,9 pontos ante junho, a indústria de transformação registrou queda de 2,8 pontos e a construção civil teve variação negativa de 2,2 pontos.

Entre os 26 setores da indústria de transformação pesquisados, 21 demonstraram piora no indicador, com destaque para os setores de couros e artefatos, papel e celulose, edição e impressão, química, limpeza e perfumaria e metalurgia básica.

O Icei mede a avaliação do empresariado quanto às condições atuais de seus negócios e da economia do país, além das expectativas para os próximos seis meses. Pela metodologia utilizada, valores acima de 50 pontos indicam otimismo em relação a essas variáveis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.