Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que o consumidor brasileiro estava no terceiro trimestre deste ano mais confiante da situação da economia do que no período anterior. O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) chegou ao fim de setembro a 115,6 pontos, uma alta de 5,3% em relação aos 109,8 pontos verificados no fim do trimestre anterior.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2007, quando o índice registrava 111,0 pontos, o crescimento foi de 4,1%.

Segundo a CNI, a marca registrada em setembro é a segunda maior da série histórica, iniciada em 2001. A CNI destaca que todos os indicadores que compõe o índice apresentaram melhora no terceiro trimestre em relação ao segundo. Um dos principais é o relativo à inflação, que registrou um aumento de 7,1% na comparação com o período de abril de junho. Segundo a CNI, a melhor expectativa com relação às pressões inflacionarias são conseqüência da queda dos preços das commodities (matérias-primas) e da conseqüente redução dos índices de inflação.

A pesquisa foi feita entre os dias 19 e 22 de setembro, junto a duas mil pessoas em 141 municípios do País.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.