Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CNC discorda de resultado de safra de café apresentado pela Conab

Belo Horizonte, 08 - O presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), Gilson Ximenes, afirmou que discorda dos números divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que anunciou hoje a terceira estimativa sobre a produção de 2008, a qual está projetada em 45,85 milhões de sacas de 60 quilos. O terceiro levantamento apresentado pela companhia apontou uma variação de 0,68% em relação à pesquisa anterior, que indicou um volume de 45,54 milhões de sacas.

Agência Estado |

"Eu discordo desses números, em função da seca do ano passado que provocou queda do rendimento e uma quebra de safra que pode chegar a 20%", disse ele.

Segundo a Conab, os resultados representam a segunda maior safra dos últimos 10 anos, atrás apenas da produção do ciclo 2002/03, que chegou a 48,48 milhões de sacas. "Não acredito que a produção deste ano vá atingir 40 milhões de sacas", afirmou o presidente do CNC.

Do total a ser produzido pelo Brasil, que está em plena colheita, 35,37 milhões seriam da variedade tipo arábica e 10,58 milhões de sacas de conillon. A Região Sudeste será responsável pela maior parte do volume colhido, com 38,5 milhões de sacas, ou 84% do total e Minas Gerais mantém a posição de maior estado produtor, com 23,38 milhões de sacas, seguido pelo Espírito Santo (10,23 milhões de sacas) e São Paulo (4,6 milhões de sacas). Nas outras regiões, Bahia e Paraná deverão produzir 4,62 milhões de sacas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG