Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CNA avalia impacto da crise financeira no plantio da safra 2008/09

Brasília, 22 - A Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reúne amanhã em Brasília para discutir os reflexos da crise financeira internacional para o plantio da safra 2008/09 de grãos, que já está sendo cultivada. Participarão da reunião, que acontece entre 10 horas e 18 horas, representantes das Federações de Agricultura dos Estados produtores de grãos.

Agência Estado |

O presidente da Comissão, José Mário Schreiner, concederá entrevista coletiva às 14h30.

A CNA aponta queda de pelo menos 5% na produção de grãos no ano que vem, cenário que é resultado da falta de financiamento para plantio das lavouras. "O quadro é preocupante. Há produtores que estão plantando sem adubo e terão de torcer por um clima bastante favorável", afirma, em nota, Schreiner.

Segundo levantamento inicial, 20% dos produtores não compraram insumos para o plantio. Com as restrições de acesso ao crédito para plantar e a alta do dólar, aumentam as dificuldades para custear a safra, pois vários insumos são atrelados à moeda norte-americana. "Eles não podem deixar de plantar, mas se utilizarem o mesmo tamanho de área com menos adubo e tecnologia, é certo que a produção cairá", explica Schreiner.

Além destes fatores, o presidente da Comissão da CNA acrescenta o fato de que o clima poderá causar um impacto de pelo menos 3% sobre as lavouras, o que afeta principalmente as culturas exportáveis, como milho e soja, além de produtos bastante consumidos internamente, como arroz e feijão.

Outra preocupação é a demora do governo em liberar os recursos anunciados recentemente para assegurar o plantio. "A agricultura tem um cronograma a ser cumprido. Se o plantio não ocorrer na hora certa, teremos mais um agravante", justifica.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG