Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CMN dá aval para abertura de agência de banco estatal chinês no Brasil

BRASÍLIA - O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou encaminhamento de pedido de decreto presidencial para a abertura no país de uma subsidiária do Bank of China Limited. Trata-se da primeira agência do banco estatal chinês no Brasil e na América Latina, cujo objetivo será financiar operações bilaterais de comércio exterior.

Valor Online |

De acordo com o chefe do Departamento de Organização do Sistema Financeiro (Deorf) do Banco Central, Luiz Feltrin, será um banco múltiplo com carteiras comercial e de investimento, com capital inicial equivalente a US$ 60 milhões. " A importância do ingresso dessa instituição é que trata-se de um grande banco que já atua em 26 países e está disposto a trazer capital ao Brasil para aumentar as linhas de financiamento ao comércio exterior " , explicou o técnico.

Segundo ele, o Bank of China foi criado em 1912, é controlado pelo governo e atua em todos os segmentos bancários. De acordo com a publicação especializada Bankers, a instituição é a nona maior do mundo em ativos.

Feltrin negou que tenha ocorrido lentidão no andamento do processo, que deu entrada no BC em agosto de 2007. Ele argumentou que o prazo médio para autorização de abertura de um banco estrangeiro no país é de 13 meses e, em outras nações, pode levar até 18 meses. " A dinâmica do mercado e a dinâmica do regulador nem sempre andam no mesmo diapasão " , justificou. Feltrin acredita que o banco chinês pode ser aberto ainda neste ano, assim que for baixado o decreto presidencial, com o nome de Banco da China Brasil S.A.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG