BRASÍLIA - O Banco Central (BC) aprovou a criação de banco múltiplo com três carteiras pelo grupo Randon, atuante no setor de implementos agrícolas. De capital aberto, o grupo gaúcho manifestou interesse em negociar até 49% do capital da futura instituição na Bovespa. Diante da chance de as ações serem adquiridas por estrangeiros, a proposta dependerá de decreto presidencial.

O banco múltiplo da Randon, de Caxias do Sul ,terá as carteiras comercial, financeira e leasing, com o objetivo de operar em crédito na área de equipamentos agrícolas da região.

De acordo com o técnico do BC Edson Feltrin, do Departamento de Organização do Sistema Financeiro Nacional (Deorf), o grupo tem controle familiar, mas com ações negociadas no mercado de capitais.

Após a análise do BC, o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje o encaminhamento de pedido de decreto ao presidente da República para que o banco possa ter participação externa. Segundo Feltrin, o limite de 49% do capital votante foi proposto pelos controladores do Randon, que querem manter o controle da instituição financeira no país.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.