Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Civita alerta para excesso de legislação em congresso de publicidade

SÃO PAULO - O presidente do conselho de administração da editora Abril, Roberto Civita, realiza a palestra de abertura do segundo dia do 4º Congresso Brasileiro de Publicidade, que acontece em São Paulo até esta quarta-feira (16). Civita alertou em sua fala para o excesso de legislação que o Congresso impõe à publicidade. Não se trata de condenar qualquer restrição. Algumas fazem sentido, como as de cigarro, mas outras são preocupantes, como as da Anvisa, que pretendem agir sobre alimentos e medicamentos em qualquer circunstância.

Andréia Brasil, especial para o Último Segundo |

 

Civita afirmou que é necessário encontrar um meio-termo entre a liberdade absoluta e a proteção ao consumidor. Ele citou o Conar como exemplo positivo de auto-regulação. "Em uma sociedade que guarda na lembrança o fantasma da censura, o futuro depende que todo o setor de comunicação e a sociedade tenham bom senso, autocontrole e responsabilidade", finalizou.

Civita defendeu a democracia e a liberdade de imprensa. Para ele, a liberdade de comunicação é pressuposto de todas as outras liberdades, como a política e a econômica, e está intimamente ligada à democracia. "A livre manifestação do pensamento mantém uma sociedade democrática."

Para ele, o tripé democracia, liberdade de imprensa e livre iniciativa é fundamental no mundo moderno.

Civita também falou sobre a importância da internet para a liberdade de imprensa. "A internet, até na China, é impossível de controlar, de censurar. Talvez com isso o apetite dos governos pelo controle da mídia seja diminuído", afirmou.

O presidente da Abril disse que não vê problemas na substituição do papel como plataforma para o conteúdo. Com uma folha de papel nas mãos ele avaliou: "No dia em que a tela de um computador tiver esta flexibilidade, portabilidade, brancura e falta de brilho, não precisaremos mais de papel, e não vejo problema algum com relação a isto".

Civita questionou a quantidade de árvores que poderiam ser poupadas se o conteúdo pudesse ser transmitido em outra superfície, e argumentou que os editores continuarão sendo muito necessários, especialmente para selecionarem o "tsunami" de informações. "Não estou muito preocupado com a substituição do papel, mas sim preocupado em salvar as florestas daqui a 20,30 ou 50 anos", concluiu.

O congresso tem o futuro como tema e debate as principais questões que afetam o setor de publicidade. Na programação desta terça-feira, 15, estão as palestras de Civita e da jornalista americana Judith Miller, ex-repórter do "New York Times" que foi presa por se recusar a revelar o nome de uma fonte à Justiça.

Além disso, cinco comissões discutem temas importantes para o futuro do mercado publicitário, como a criatividade brasileira, novas mídias e a liberdade de expressão comercial.

Sobre o Congresso

Com o tema Criando o Futuro, o 4º Congresso Brasileiro de Publicidade vai debater as principais questões que afetam o setor, com a presença de líderes da indústria da comunicação brasileira.

Veja abaixo a programação do evento:

Terça-feira , dia 15 de julho

9h às 10h

  • Palestra de Roberto Civita

10h30 às 13h

  • A criatividade brasileira - Nizan Guanaes
  • Eficácia no planejamento e compra de mídia - Ângelo Franzão Neto
  • A realidade dos mercados regionais - Ricardo Nabhan
  • A educação, a profissão e o mercado - Francisco Gracioso
  • Carga tributária e rentabilidade de agências, fornecedores e veículos - Cyd Alvarez

15h às 16h

  • Palestra de João Roberto Marinho

16h30 às 19h

  • A valorização, a prosperidade e a rentabilidade da indústria da comunicação - Luiz Lara
  • Mídia e conteúdo - João Carlos Saad
  • Marketing de relacionamento - Efraim Kapulski
  • Novas mídias - Daniel Barbará
  • Liberdade de expressão comercial - Gilberto Leifert

19h

  • Palestra de Judith Miller

 

Quarta-feira, dia 16 de julho

No último dia do Congresso, dia 16, as teses debatidas nos dias anteriores serão compartilhadas com o público do evento, em duas sessões com palestras feitas pelos presidentes das comissões. Essas plenárias acontecem entre 9h e 13 horas, encerrando os trabalhos do Congresso.

Leia também:

 

Leia mais sobre Congresso de Publicidade

Leia tudo sobre: publicidade

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG