Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Citrosuco encerra produção na unidade de Bebedouro-SP

Ribeirão Preto, SP, 09 - A Citrosuco, segunda maior processadora de suco de laranja do mundo, confirmou hoje encerramento da produção na unidade de Bebedouro (SP), planta industrial que será utilizada apenas para o armazenamento da bebida. Os 204 funcionários da unidade já começaram a ser demitidos.

Agência Estado |

A companhia informou que deverá dar mais detalhes sobre o processo de encerramento das atividades durante o dia.

A unidade foi adquirida em 2004 no processo de compra, pela Citrosuco e pela Cutrale, dos ativos de produção de suco de laranja da Cargill no Brasil. A fábrica de Bebedouro já ficou fechada durante boa parte da safra, em 2008, por falta de frutas para serem processadas, justamente no município que no passado foi considerado a capital brasileira da laranja.

A carência de matéria-prima, aliada a um processo interno de rearranjo na produção de suco de laranja, seriam os motivos do encerramento da produção na unidade. Com isso, a produção de suco de laranja da Citrosuco em São Paulo será concentrada nas duas outras unidades da empresa no Estado, nas cidades de Limeira e Matão.

A Citrosuco pertence ao Grupo Fischer e tem ainda uma fábrica de suco em Lake Wales, na Flórida (EUA) e outra em Videira (SC), onde também produz suco de maçã. A companhia possui ainda um o maior terminal do mundo de escoamento de suco, em Santos (SP), o maior terminal europeu, em Ghent (Bélgica), em terminais em Wilmington (EUA) e Toyohashi, no Japão. Além do suco de laranja, produz também óleos e essências, álcool a partir do bagaço e polpa cítrica.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG