SÃO PAULO - Executivos do Citigroup começaram a avaliar a possibilidade de leiloar partes do gigante financeiro ou até vender a companhia toda, conforme pessoas a par da situação ouvidas pelo Wall Street Journal (WSJ). A publicação ressalva, no entanto, que as discussões internas estão em uma etapa preliminar.

Ontem, as ações do Citigroup caíram 26% em Nova York. O banco perdeu metade de seu valor em apenas quatro dias, destacou o New York Times (NYT). Para atualizar os administradores seniores, o executivo-chefe da instituição, Vikram Pandit, tem reunião marcada para esta sexta-feira.

O NYT destacou que os executivos do Citi buscam estabilizar o preço da ação do banco, mas não estão neste ponto "explorando ativamente a venda ou separação da companhia", conforme duas fontes consultadas familiarizadas com o debate.

O jornal recordou que o Citigroup registrou quatro trimestres seguidos de prejuízo, causados por bilhões de dólares em depreciação no valor de ativos. Além disso, nove dos fundos de investimento da instituição registraram rombos este ano.

Agora, continuou o NYT, o banco pode enfrentar uma onda de novas perdas em sua atividade de empréstimo ao consumidor, que já foi lucrativa, por causa do enfraquecimento econômico global.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.