Tamanho do texto

O Citigroup anunciou lucro líquido de US$ 4,4 bilhões (US$ 0,15 por ação) no primeiro trimestre deste ano, mais do que o dobro do resultado do mesmo período do ano passado e o maior desde o segundo trimestre de 2007. A receita cresceu 3,7% ante os três primeiros meses de 2009, para US$ 25,4 bilhões.

O Citigroup anunciou lucro líquido de US$ 4,4 bilhões (US$ 0,15 por ação) no primeiro trimestre deste ano, mais do que o dobro do resultado do mesmo período do ano passado e o maior desde o segundo trimestre de 2007. A receita cresceu 3,7% ante os três primeiros meses de 2009, para US$ 25,4 bilhões. Analistas esperavam resultado que mostrasse equilíbrio entre lucros e despesas e receita de US$ 20,77 bilhões. Os resultados excluíram US$ 10,1 bilhões em prejuízo antes de impostos por causa do pagamento do auxílio do governo norte-americano e do fim de um acordo de compartilhamento de perdas com o governo dos Estados Unidos no quarto trimestre de 2009. As provisões contra perdas com crédito, benefícios e queixas diminuíram 16% em comparação com o primeiro trimestre de 2009, para US$ 8,6 bilhões - o menor nível desde o primeiro trimestre de 2008. As perdas líquidas com crédito aumentaram para US$ 8,38 bilhões, de US$ 7,28 bilhões. A divisão bancária e de títulos do Citigroup teve queda de 34% na receita e de 48% no lucro, em contraste com os fortes resultados com banco de investimento anunciados na semana passada por JPMorgan e Bank of America (BofA). As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.