Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Citigroup pode receber US$ 2,7 bilhões em dinheiro com a possível venda da parcela majoritária de sua corretora para o Morgan Stanley, de acordo com matéria de hoje do Financial Times. Segundo o jornal britânico, o desmembramento da sua divisão de corretagem Smith Barney numa joint venture com o Morgan, poderia fazer com que o Citi atingisse o recorde de US$ 6 bilhões de ganho de capital.

Os rumores do acordo entre as duas instituições financeiras começaram na sexta-feira, mas não foram confirmados até agora. A divisão Smith Barney unida à corretora do Morgan Stanley e seus 8 mil operadores poderia criar uma área de corretagem maior do que a formada pelo Bank of America por meio da aquisição do Merrill Lynch.

(Vanessa Dezem | Valor Online com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.