Nova York, 19 abr (EFE).- O Citigroup informou hoje que lucrou US$ 4,428 bilhões nos primeiros três meses deste ano, o que representa 177% a mais que no mesmo período do ano passado e um retorno à rentabilidade depois dos números vermelhos acumulados no trimestre anterior.

Nova York, 19 abr (EFE).- O Citigroup informou hoje que lucrou US$ 4,428 bilhões nos primeiros três meses deste ano, o que representa 177% a mais que no mesmo período do ano passado e um retorno à rentabilidade depois dos números vermelhos acumulados no trimestre anterior. O faturamento líquido do grupo registrou uma melhora de 3,6% em relação a um ano antes, chegando aos US$ 25,421 bilhões. Essa quantia é mais do triplo que a obtida entre outubro e dezembro de 2009, quando registrou perdas, após ter fechado no lucro os outros três trimestres do ano passado. Dois anos após a eclosão da crise financeira, o Citigroup, um dos bancos sobreviventes que mais sofreu com ela, mostrou hoje um progressivo fortalecimento de suas contas, traduzido em lucro líquido de US$ 0,15 por ação. "Estamos orgulhosos de nosso primeiro trimestre, mas nos manteremos cautelosos, dada a incerteza sobre a recuperação econômica", assegurou hoje o executivo-chefe do banco, Vikram Pandit, ao apresentar os resultados. A melhora das contas da entidade nestes três primeiros meses do ano se deveu em grande parte à redução de suas provisões para enfrentar a falta de pagamento de créditos. Essa quantia caiu pelo terceiro trimestre consecutivo e ficou em US$ 8,618 bilhões, frente aos US$ 11,029 bilhões dos três meses anteriores e aos US$ 12,855 bilhões de um ano antes. Neste ano, as ações do Citigroup, que como muitos outros teve de ser salvo pelo Governo americano, se valorizaram 37%, acumulando uma alta na bolsa de 25% nos últimos 12 meses. EFE mgl/sa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.