SÃO PAULO - O primeiro trimestre de 2010 do Citigroup foi marcado por um lucro atribuível aos detentores de ações ordinárias de US$ 4,428 bilhões. Um ano antes, houve prejuízo, de US$ 966 milhões.

SÃO PAULO - O primeiro trimestre de 2010 do Citigroup foi marcado por um lucro atribuível aos detentores de ações ordinárias de US$ 4,428 bilhões. Um ano antes, houve prejuízo, de US$ 966 milhões. Nos três últimos meses de 2009, a perda apurada correspondeu a US$ 7,766 bilhões. O resultado, explicou o banco, refletiu uma receita melhor, disciplina nos gastos e custos menores do crédito. A receita somou US$ 25,4 bilhões entre janeiro e março deste ano, ou US$ 17,5 bilhões acima do montante dos três meses antecedentes. Excluindo uma perda antes de impostos de US$ 10,1 bilhões associadas ao pagamento dos empréstimos ao governo americano e outros fatores, a receita cresceu em US$ 7,5 bilhões. A melhoria sequencial na receita, segundo o Citigroup, teve impacto, por exemplo, dos bons resultados na área de Securities and Banking. A provisão total para perdas com crédito e outros compromissos se situou em US$ 8,6 bilhões no primeiro trimestre de 2010. As informações estão na página eletrônica do banco. (Juliana Cardoso | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.