O grupo americano de serviços financeiros CIT Group anunciou nesta terça-feira ter recebido a autorização preliminar do Tesouro para receber uma ajuda governamental de aproximadamente 2,33 bilhões de dólares, dentro do plano governamental de salvamento do sistema financeiro.

"O Tesouro aprovou de forma preliminar um investimento de aproximadamente 2,33 bilhões de dólars em ações preferenciais e em bônus de subscrição", indicou o CIT em um comunicado.

O Federal Reserve (Fed) aprovou segunda-feira o status de banco ao CIT Group, que o havia pedido para poder se beneficiar das facilidades financeiras do banco central e das concessões em capital previstas pelo plano bancário do secretário do Tesouro, Henry Paulson.

Da mesma forma, um outro grupo de serviços financeiros, a American Express, também obteve o status de banco para poder se beneficiar do plano de resgate.

A empresa americana de serviços financeiros GMAC, propriedade da General Motors e do fundo Cerberus, apresentou pedido idêntico, mas a concessão deste status é condicionada a uma reestruturação de sua dívida.

maj/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.