Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cinco grupos do Japão se unem para comprar a Namisa, da CSN

Um consórcio japonês que participa da oferta pela unidade de minério de ferro Namisa, da Companhia Siderúrgica Nacional, é composto pelas cinco maiores siderúrgicas do Japão e mais a trading Itochu, afirmaram fontes ligadas ao assunto. O grupo inclui a Sumitomo Metal Industries, Kobe Steel, Nisshin Steel, Nippon Steel e JFE Holdings.

Agência Estado |

A disputa pode envolver outros grandes grupos, como Arcelor Mittal e Tata Steel.

O acordo, a ser finalizado no início de outubro, pode chegar a US$ 10 bilhões se a CSN vender toda sua participação. Essa é a primeira vez que as cinco gigantes do setor no Japão juntam forças para assegurar recursos fora do país, sinalizando uma grande mudança em suas estratégias, em meio aos crescentes preços do minério de ferro e carvão, matérias-primas para o aço.

O velho sistema de contrato anual para fornecimento de minério de ferro está se mostrando falho depois que a Vale, maior produtora mundial, afirmou esta semana que está tentando aumentar os preços para os clientes asiáticos na metade de vigência do contrato de fornecimento.

Fontes ligadas ao negócio disseram que as siderúrgicas japonesas juntaram forças para frear as estratégias de preços de grandes mineradoras como a BHP Billiton, Rio Tinto e Vale, que juntas controlam 70% do comércio de minério de ferro. As siderúrgicas japonesas têm sido relutantes até o momento em apostar pesadamente em minas de carvão e minério de ferro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG