RIO DE JANEIRO - Bradesco, Banco do Brasil, Itaú, Unibanco e Santander Brasil figuram a lista das 20 instituições financeiras de capital aberto dos Estados Unidos e América Latina que obtiveram os maiores lucros no terceiro trimestre de 2008, segundo um estudo divulgado nesta segunda-feira pela consultoria Economática.

A crise financeira internacional, que afetou principalmente as instituições dos Estados Unidos, permitiu que os bancos da América Latina aumentassem sua participação e melhorassem suas posições na lista, segundo o estudo.

Os dois bancos de capital aberto dos Estados Unidos e América Latina com maiores lucros líquidos no terceiro trimestre, segundo a lista de Economática, foram o Wells Fargo (US$ 1,637 bilhões) e o BankAmérica (US$ 1,177 bilhões).

Bradesco, Banco do Brasil e Itaú vêm logo atrás, em 3º, 4º e 5º lugares, respectivamente com US$ 997,9 milhões, US$ 975,3 milhões e US$ 965,2 milhões. O Unibanco aparece no 10º lugar (US$ 367,5 milhões), e o Santander Brasil no 16º (US$ 259,5 milhões).

A lista inclui ainda dois bancos mexicanos - Santander Serfin (12º, com US$ 324,1 milhões) e GFBanorte (18º, com US$ 209,1 milhões) - e dois chilenos - Santander do Chile (19º, com US$ 174,7 milhões) e Banco do Chile (20º, com US$ 168,6 milhões).

O avanço dos latino-americanos foi possível devido ao aumento do lucro de bancos como o Santander Brasil - 38,4% no terceiro trimestre de 2008 em relação ao de 2007 -, contra a queda de instituições americanas como o JP Morgan Chase - que despencou 84,4% no mesmo período.

O Banco do Brasil e o Bradesco ainda tiveram aumento de lucro no terceiro trimestre, de 31,5% e 1,4%, respectivamente. Somente o Itaú (-26,9%) e o Unibanco (-43,6%) registraram queda nos lucros do terceiro trimestre entre os bancos latinos da lista.

Considerada a fusão, anunciada há duas semanas, destes últimos dois bancos, que formará a maior instituição latino-americana em volume de ativos, eles teriam o maior lucro total da lista, com US$ 1,33 bilhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.