Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cientistas sugerem construir usina de biogás na Ilha de Páscoa

Santiago do Chile, 9 nov (EFE) - Cientistas de várias nações sugeriram construir uma usina de biogás para solucionar o problema do lixo e fornecer energia à Ilha de Páscoa, território insulano do Chile situado cerca de quatro mil quilômetros de suas costas. Se a iniciativa, que atualmente se encontra na fase de anteprojeto, se concretizar, custaria em torno de US$ 3 milhões, publicou hoje o jornal El Mercurio. O coordenador da rede nacional de biogás e professor da Universidade Católica de Valparaíso (UCV), Rolando Chamy, explicou que os principais problemas da ilha são causados pela quantidade de turistas que aumentou nos últimos anos, o que, além disso, intensifica a fragilidade ambiental. Em uma década, a quantidade de turistas aumentou de quatro mil a 50 mil ao ano. A ilha, famosa pelos moai, as colossais e enigmáticas estátuas de pedra que olham para o mar, tem 3.

EFE |

700 habitantes.

Devido ao aumento do número de turistas, as necessidades energéticas da ilha também aumentaram, e esta é abastecida somente com geradores diesel, que muitas vezes falham.

A iniciativa dos cientistas é conceder à ilha sustentabilidade energética e ambiental.

"Pega-se a matéria orgânica e, através de um processo biológico, transforma-se a matéria orgânica em metano, que pode ser queimado e transformá-lo em energia. O resíduo já tratado diminui a quantidade a 40% e é um resíduo estável, que pode ser utilizado para melhorar o solo", asseverou Chamy.

A governadora de Páscoa, Carolina Hotus, chamou de um "grande avanço e apoio" o anteprojeto dos cientistas, e antecipou que agora a idéia é buscar os fundos para financiar a usina de tratamento. EFE ov/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG