Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cidade Limpa é considerada a 4ª melhor prática urbana

A Lei Cidade Limpa, em vigor em São Paulo desde janeiro de 2007, ficou em quarto lugar entre as 40 melhores práticas urbanas apresentadas por 167 cidades do mundo durante evento encerrado hoje na China, que debateu os preparativos para a World Expo Shangai 2010. O projeto ficou atrás de propostas apresentadas por Brisbane, na Austrália, Seul, na Coréia do Sul, e Hong Kong, na China.

Agência Estado |

As três vencedoras apresentaram experimentos sobre práticas de meio ambiente sustentável, cultura e economia urbana e uma espécie de "bilhete único" chinês.

A World Expo Shangai ocorre de maio a outubro de 2010 e pretende receber 70 milhões de visitantes - a exposição perde apenas em público para a Copa do Mundo e a Olimpíada. "É a maior vitrine do que está sendo feito pelas cidades em todo o mundo. Daí a importância de estarmos presentes e sermos premiados", comemorou Regina Monteiro, diretora de Meio Ambiente, Projetos e Paisagem Urbana da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb).

Em março, o Cidade Limpa concorreu ao prêmio Brit Insurance Designs of the Year, promovido pelo Museu de Design de Londres. Na ocasião, Regina disse que a inclusão da lei na disputa teve grande interesse no exterior. "A repercussão foi maior fora do que no Brasil. Quiseram saber em detalhes como isso pôde acontecer em uma cidade como São Paulo. Como foi o processo, como reagiram os comerciantes. Ficou uma marca forte", afirmou.

A iniciativa está sendo exportada. Deverá ser implementada em Guadalajara, no México, onde se pretende copiar a Cidade Limpa para o próximo pan-Americano, em 2011.

Ela também já recebeu em São Paulo representantes da Argentina, como o sub-secretário de Espaço Público do Ministério de Ambientes, Carlos Tramatola, e o chefe de gabinete de ministros da cidade de Buenos Aires, Horácio Rodriguez Larreta. Regina soube que no dia da visita havia dado entrada na Câmara Municipal da capital argentina um projeto nos moldes da prática paulistana.

No Brasil, a proposta também extrapolou os limites de São Paulo. A prefeitura de Porto Alegre prepara projeto semelhante. No Recife já existe um projeto tramitando na Câmara Municipal. E o prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes, ligou para a diretora na semana passada, antes de ela embarcar para a China, para conversar sobre a proposta que pretende implementar na capital fluminense.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG