O consórcio Brasinfra (Cibe, portuguesa Ascendi e construtora Leão Leão) venceu a disputa pelo trecho leste da Rodovia Marechal Rondon com uma proposta de R$ 0,093774 por quilômetro, um deságio de 13,09% sobre o teto estipulado pelo governo do Estado, de R$ 0,107910 por quilômetro em pista dupla. O grupo será responsável pela administração dos 415 km da rodovia, além de 201,8 km de vicinais.

A empresa terá de pagar uma outorga de R$ 517 milhões no prazo de 18 meses, sendo 20% no ato da assinatura do contrato. O Brasinfra também será responsável por investir R$ 1,612 bilhão durante os 30 anos da concessão.

Para o trecho leste da Marechal Rondon concorreram apenas dois grupos. A proposta da concorrente, a BR Vias, foi de R$ 0,104371.

O deságio da proposta do Brasinfra em relação à tarifa atual das estradas de São Paulo é de 22,08%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.