Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Chuvas em MG aumentam risco de ferrugem asiática

Belo Horizonte, 6 - As chuvas das últimas semanas em Minas Gerais causam preocupação quanto ao aumento de casos de ferrugem asiática. Em 2008, o Estado adotou pela segunda vez o vazio sanitário da soja, para impedir o aumento do número de contaminações.

Agência Estado |

Na safra 2007/2008 foram registrados 10 focos em todo o Estado. Em dezembro do ano passado, segundo a pesquisadora da Epamig, Dulândula Miguel Wruck, foi identificado o primeiro foco no Estado.

Ela alerta que o produtor deve ficar atento, já que, em razão do atraso do plantio, a soja ainda não entrou na fase de florescimento, quando ocorre o ataque. No entanto, ela lembra que o aumento da umidade provocado pelas chuvas favorece a proliferação dos inóculos. "Eu acredito que o produtor não deixará de efetuar as três aplicações de fungicidas, mas o monitoramento é necessário", afirmou a pesquisadora.

De acordo com o último levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento, a produção geral de grãos em Minas deverá apresentar retração de 1,8% em 2009, em relação à safra anterior. A expectativa é de um volume de 10 milhões de toneladas. A área plantada deverá sofrer uma diminuição de 1,3%, na comparação a 2008, para 2,79 milhões de hectares. A queda estimada na produção mineira é atribuída à redução no volume produzido de milho que deverá atingir, neste ano, 6,2 milhões de toneladas, uma queda de 3,8% em relação ao ano anterior, com uma redução de 3% na área plantada, para 1,29 milhão de hectares.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG