Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Chuvas alagam lavouras de arroz no sul do RS

Porto Alegre, 30 - As fortes chuvas que atingiram o sul gaúcho nos últimos dois dias alagaram lavouras de arroz e romperam barragens de produtores rurais que irrigam cerca de 800 hectares na região de Pelotas. Aproximadamente 1,5 mil hectares ficaram embaixo dágua, mas ainda não é possível afirmar que haverá perdas.

Agência Estado |

Tudo depende do escoamento das águas, que pode levar três a quatro dias se parar de chover, explicou a agrônoma do Instituto Rio-Grandense do Arroz (Irga) em Pelotas, Vera Borges.

Na regional do Irga em Pelotas, que reúne 11 municípios, foram cultivados 177,5 mil hectares de arroz, de um total de 1,098 milhão de hectares semeados no Rio Grande do Sul. Em Pelotas, Turuçu e Capão do Leão, cerca de 20 mil hectares foram prejudicados pelas chuvas. A produtividade média esperada em Pelotas é de 3 mil quilos por hectare.

Em Santa Vitória do Palmar, no extremo sul do Estado, a estação do Irga registrou 125 milímetros de chuva em 24 horas. O escritório municipal ainda não tem informações sobre danos às lavouras. Além da chuva, a cidade teve ventos fortes que ontem chegaram a 66 quilômetros por hora e representam risco para lavouras em floração. Santa Vitória cultivou 68 mil hectares de arroz na safra 2008/09.

Em relatório sobre a safra gaúcha elaborado antes das chuvas na região sul, a Emater observou que o desenvolvimento do arroz é satisfatório, apesar de alguns casos pontuais de falta de água para irrigação. O arroz apresenta, nesta semana, 60% da área em germinação e desenvolvimento vegetativo, 28% em floração, 10% em enchimento de grãos e 2% prontos para a colheita.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG