Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Chrysler não confirma possível fusão com GM

Washington, 11 out (EFE).- A montadora Chrysler, propriedade do fundo de investimentos Cerberus, não se pronunciou hoje sobre a possibilidade de uma fusão com a gigante General Motors (GM), embora tenha afirmado que avalia uma série de alianças no mundo todo.

EFE |

Em comunicado, a porta-voz da Chrysler, Lori McTavish, disse que a companhia "tem por costume não confirmar ou negar a natureza de suas reuniões corporativas privadas".

No entanto, especificou que "a companhia examina uma série de alianças globais potenciais enquanto explora oportunidades de crescimento no mundo todo".

"Além das alianças já anunciadas, no entanto, a Chrysler não fechou nenhum acordo", acrescentou a porta-voz.

Vários meios de comunicação dos EUA afirmam hoje que a GM e a Cerberus estão em conversas para fusão.

Segundo o "New York Times", as conversas entre GM e Cerberus começaram há mais de um mês e as possibilidades de que as negociações terminem em um acordo são grandes.

Já o diário econômico "The Wall Street Journal" assinalou que as conversas estão atualmente à espera de que a crise financeira se abrande.

O setor automobilístico americano enfrenta a crise mais grave de sua história perante a drástica queda das vendas de GM, Ford e Chrysler nos Estados Unidos. EFE crd/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG