Washington, 17 fev (EFE).- A Chrysler solicitou US$ 5 bilhões de ajuda a Washington, US$ 2 bilhões a mais que o valor inicial, no plano de reestruturação que apresentou hoje ao Departamento do Tesouro dos Estados Unidos.

A Chrysler justificou a solicitação dos US$ 2 bilhões adicionais pela queda das vendas do setor automotivo. EFE jcr/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.