Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Chinalco investirá US$ 19,5 bilhões na Rio Tinto

SÃO PAULO - A Aluminium Corporation of China (Chinalco) irá investir US$ 19,5 bilhões na mineradora anglo-australiana Rio Tinto. Do montante total, US$ 12,3 bilhões serão destinados a joint-ventures na área de minério de ferro, cobre e alumínio.

Valor Online |

O conselho da Rio Tinto recomendou aos acionistas que votem a favor da transação.

Em nota, a empresa do setor de mineração destacou a parceria estratégica pioneira por meio da criação de joint-ventures em alumínio, cobre e minério de ferro assim como a emissão de títulos conversíveis para a Chinalco, que pode ampliar sua participação na Rio Tinto.

O acerto contempla a emissão de bônus conversíveis em duas tranches, com preço de conversão de US$ 45 e US$ 60, perfazendo um total de US$ 7,2 bilhões. Se convertidos, a participação da Chinalco na Rio Tinto irá a 18%.

"O investimento da Chinalco de US$ 19,5 bilhões fortalecerá o balanço da Rio Tinto, aumentará nossa flexibilidade para apresentar crescimento enquanto o mercado se recupera e posicionará a Rio Tinto para a próxima década e depois", afirmou em nota o presidente da Rio Tinto, Paul Skinner.

O presidente da Chinalco, Xiao Yaqing, lembrou, por sua vez, que a iniciativa tomada hoje segue a compra de participação na Rio Tinto em fevereiro de 2008, "que estabeleceu uma sólida fundação para uma parceria estratégica mais ampla".

Com o relacionamento com a Chinalco, a Rio Tinto pretende, por exemplo, ter acesso mais fácil ao financiamento para projetos de desenvolvimento junto a instituições financeiras chinesas.

A operação precisa ainda da aprovação dos acionistas da Rio Tinto, dos governos e de órgãos reguladores.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG