Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

China suprime imposto sobre compra de ações para sustentar a Bolsa

A China eliminou um imposto sobre a compra de ações para sustentar as Bolsas do país, em plena queda, informou a agência Nova China. A decisão de suprimir a taxa de 0,1% entrará em vigor na sexta-feira e está destinada a estimular a confiança dos mercados, segundo a agência.

AFP |

Acordo Ortográfico Além disso, o governo chinês começou a comprar ações dos três principais bancos do país em um esforço para manter seus preços de mercado, em meio à crise financeira mundial.

O fundo de investimentos ligado ao governo Central Huijin Investment Co. Ltd começou a reforçar suas posições dentro do Industrial and Commercial Bank of China, do Bank of China e do China Construction Bank, de acordo com a imprensa oficial.

O Central Huijin foi o principal personagem da reforma do setor bancário na China nos últimos anos, que era vítima da corrupção e de créditos duvidosos. A Bolsa de Xangai encerrou a quinta-feira em queda de 1,7%, depois de baixas de 2,9% na quarta e de 4,47% na terça.

Leia mais sobre a Bolsa chinesa

Leia tudo sobre: bolsa chinesa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG