Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

China reduz taxa de juros para estimular economia

Pequim, 26 nov (EFE).- O Banco Popular da China (autoridade monetária) anunciou hoje um corte de 1,08 ponto percentual - o maior da década - em sua taxa básica de juros, para 5,58%, a fim de estimular sua economia, informou hoje, em comunicado, em seu site oficial.

EFE |

Esta redução de 1,08 ponto é a quarta redução de juros ordenada pela China nos últimos três meses, após as duas de setembro e a de 0,27 ponto decidida em 29 de outubro, naquela ocasião coordenada junto com as principais economias mundiais para fazer frente à crise financeira.

Com o corte de hoje, a taxa de juros de empréstimos em iuanes (a moeda local) a um ano ficaria em 5,58%, frente ao 6,66% anterior.

A taxa de depósitos em iuanes cairia para 2,52%, frente ao 3,60% anterior.

Além disso, o Banco Popular da China anunciou no mesmo comunicado uma redução do depósito compulsório dos bancos (porcentagem das reservas que cada entidade financeira não pode reinvestir), a fim de aumentar a liquidez no sistema e promover o consumo.

O novo depósito compulsório será de 15,5%, frente ao 16,5% anterior, nos bancos de grande porte, e de 14,5% para os de pequeno e médio.

Os novos juros entram em vigor amanhã, e os novos coeficientes no próximo dia 5. EFE abc/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG