PEQUIM (Reuters) - Os líderes da China encerraram nesta quarta-feira uma reunião de três dias com a promessa de aumentar os gastos públicos e reduzir impostos para estimular a demanda doméstica. Considerando que a pressão de baixa sobre a economia aumentou, a Conferência Central de Trabalho Econômico determinou o propósito de crescimento estável como a principal prioridade para 2009, informou a rádio estatal.

Os líderes reafirmaram a política de manutenção do iuan basicamente estável e a um patamar razoável e equilibrado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.