O governo da China pode usar sua fortuna para fazer aquisições no exterior, uma mudança que poderia acelerar a entrada do país na área de recursos naturais, que já resultou em uma série de acordos fechados nos últimos dias. Fang Shangpu, um dos vice-diretores da Administração Estatal do Mercado de Câmbio da China, afirmou que o país avalia meios de usar seus quase US$ 2 trilhões em reservas para investir no exterior.

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.