Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

China investirá em infra-estrutura para enfrentar a crise financeira

Xangai, 6 nov (EFE).- O Ministério de Transportes da China planeja investir 5 trilhões de iuanes (US$ 732 bilhões) em infra-estruturas públicas para estimular a demanda no país asiático e enfrentar a atual crise financeira mundial, informou hoje a imprensa oficial.

EFE |

Uma fonte ministerial não identificada citada pelo jornal "China Business News" revelou o número do investimento, pensado para um período de três a cinco anos, e disse que "pode produzir um efeito imediato na demanda interna chinesa".

No entanto, o porta-voz do Ministério de Transportes chinês, Ke Linchun, disse ao jornal oficial "China Daily" que, embora seja verdade que está sendo considerada uma despesa adicional em infra-estruturas, "a quantia total que será investida ainda não foi decidida" Segundo o joral independente "South China Morning Post", o aumento do gasto público é uma das armas do Governo chinês para compensar o arrefecimento do crescimento econômico do país asiático, que "ameaça" com aumentar o desemprego e a tensão social.

O Governo chinês já fez investimentos semelhantes nos anos posteriores à crise financeira asiática de 1997 para fazer frente aos efeitos do abalo econômico regional. EFE alv/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG