Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

China diz que aceitará decisão da OMC sobre disputa com EUA e México

Pequim, 22 dez (EFE) - O Ministério de Comércio chinês respeitará as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC) para buscar uma solução para as disputas do país com os Estados Unidos e o México sobre os supostos subsídios e outras medidas de apoio às exportações, informou em seu site.

EFE |

Em um breve comunicado e ao se referir à queixa apresentada em 19 de dezembro pelos EUA e pelo México na OMC pelo eventual apoio de Pequim às exportações, o ministério destacou que a China rejeita o protecionismo comercial.

"A solicitação dos EUA e do México para realizar consultas rumo à solução das disputas será administrada pela China de acordo com as regras da OMC", afirmou.

A organização estabelece que, se as consultas não originarem um resultado positivo em 60 dias, os países podem solicitar um painel que investigue a situação.

No começo do ano, EUA e México apresentaram na OMC outra queixa similar por redução de impostos e incentivos para subsidiar exportações e facilitar a compra de produtos domésticos em lugar de estrangeiros, o que atenta contra as regras da organização.

Quando as consultas fracassaram, em agosto, foi criado um painel, mas, antes de seu veredicto, os países chegaram a um acordo. EFE pc/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG