Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

China celebra 30 anos de reformas e se compromete a prosseguir

A China celebrou nesta quinta-feira 30 anos de reformas que transformaram profundamente o país e se comprometeu a prosseguir no caminho da abertura e desenvolvimento econômico, dentro da estabilidade.

AFP |

Em um discurso de mais de uma hora e meia para 6.000 convidados no Grande Palácio do Povo de Pequim, o presidente Hu Jintao revisou as mudanças, principalmente econômicas, registradas na China desde o início das reformas sob o comando de Deng Xiaoping.

"Para nós é impossível recuar. O futuro desenvolvimento da China deve depender da reforma e da apertura", disse o chefe de Estado.

Hu Jintao ressaltou que a abertura deve ser acompanhada de estabilidade e seguir sob a direção do Partido Comunista.

"Compreendemos profundamente que o desenvolvimento é a lógica de base. Sem estabilidade não podemos fazer nada e perderíamos tudo o que conquistamos", declarou.

Em 1978, a China apenas emergia do caos da revolução cultural (1966-1976), com um Produto Interno Bruto de 364 bilhões de yuanes, que chegou a 24,953 trilhões de yuanes em 2007 (3,421 trilhões de dólares de acordo com o câmbio no fim de 2007).

jg/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG