País investirá 682,2 bilhões de yuans (R$ 177,6 bilhões) em 23 novos projetos de na região oeste

A China investirá 682,2 bilhões de yuans (US$ 100,8 bilhões) em 23 novos projetos de infraestrutura na região oeste do país, que é relativamente subdesenvolvida, para ajudar a impulsionar o consumo doméstico, informou hoje a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China (NDRC). Segundo a principal agência de planejamento econômico do país, a construção dos projetos começará neste ano.

O plano surge após o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, dizer recentemente que a economia chinesa está enfrentando uma situação "extremamente complicada". Em junho, o índice de gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) recuou, o que desencadeou temores sobre uma desaceleração na atividade do setor manufatureiro, na sequência dos movimentos do governo para retirar algumas políticas de estímulo econômico introduzidas em 2008.

Os novos projetos incluem rodovias, usinas de energia, aeroportos e projetos de abastecimento de água nas províncias de Sichuan e Guizhou, no Tibet e em regiões autônomas de Xinjiang, informou a NDRC em comunicado postado em sua página na internet. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.