Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

China abre porta para aplicações de patentes fora do país

PEQUIM (Reuters) - O Parlamento chinês aprovou neste sábado uma lei revisada de patente que irá permitir que inventores busquem patentes em outros países antes de obtê-las domesticamente, abrindo a porta para mais pedidos de empresas chinesas fora do país. A lei, que entrará em vigor em 1o de outubro do próximo ano, busca incentivar a inovação e melhorar a competitividade internacional da China, afirmou a agência oficial Xinhua.

Reuters |

Atualmente, a lei exige que aqueles que surjam com alguma invenção na China precisam aplicar por uma patente doméstica antes de fazer isso em outros países.

No entanto, a emenda estipula que antes que eles possam aplicar por uma patente fora do país, os inventores precisam ter suas inovações aprovadas pelo governo para determinar se elas devem se tornar um "segredo nacional", afirmou a Xinhua.

A China tem vivido um surto de aplicações por patentes recentemente e irá provavelmente superar o Japão, atual líder de novas patentes, até 2012, de acordo com relatório divulgados neste mês pela Thomson Reuters Scientific, um dos braços de pesquisa da Thomson Reuters.

No entanto, a relativa baixa proteção dos direitos de propriedade intelectual continuam sendo uma grande preocupação para empresas estrangeiras operando na China, fazendo com que muitas evitem realizar operações de pesquisa avançada no país.

(Reportagem de Jason Subler)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG